Sem Comentarios

Multas de trânsito ficarão mais caras a partir desta terça; CTB terá outras mudanças

Multas de trânsito ficarão mais caras a partir desta terça; CTB terá outras mudanças
Foto: Ilustrativa

As multas de trânsito ficarão mais caras a partir desta terça-feira (1º), quando passa a valer as mudanças no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) sancionadas pela presidente Dilma Rousseff (PT) em maio. Esse é o primeiro reajuste no preço das infrações em 16 anos. As infrações de natureza leve passarão de R$ 53,20 para R$ 88,38. As multas consideradas gravíssimas custarão R$ 293,47, acréscimo de 53% ante os atuais R$ 191,54. Dirigir ao celular deixará de ser uma infração média para ser gravíssima, assim como estacionar irregularmente em vagas de idosos ou de pessoas com deficiência e se recusar a fazer o teste do bafômetro. Antes, uma era considerada grave e outra não era considerada infração. Atingir 20 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) também terá consequência mais grave, como a suspensão de seis meses do direito de dirigr. Atualmente, o mínimo hoje é um mês. O veículo de um motorista pego sem CNH ou com documento cassado passará a ser retido pelos agentes de trânsito até que algum habilitado vá buscá-lo. A partir desta terça também todo o valor arrecadado com as infrações deverá ser exposto na internet. A correção do valor das multas será feita anualmente a partir da inflação acumulada no período. Os novos valores deverão ser divulgados com pelo menos 90 dias de antecedência. 

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.