Sem Comentarios

PROGRAMA “MELHOR EM CASA” INICIA ATENDIMENTO DE ATENÇÃO DOMICILIAR NO DISTRITO PILAR.

Visando combater o aumento da incidência de doenças crônicas ligadas às faixas etárias mais elevadas, o Governo “Minha Terra, Meu Futuro” tem buscado ampliar suas opções de tratamento médico. Em maio, o Governo Municipal iniciou, na sede do município, o programa "Melhor em Casa", sistema de atendimento domiciliar dentro do Sistema Único de Saúde (SUS), voltado a pacientes com necessidades de reabilitação motora, idosos, pacientes crônicos sem agravamento de quadro clínico ou em recuperação pós-cirúrgica.
O programa foi ampliado e já esta em funcionamento desde agosto no Distrito Pilar, onde a Equipe de Multiprofissionais de Atenção Domiciliar - “EMAD”, constituídas por médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, enfermeiros e técnicos de enfermagem, vem realizando o atendimento à população durante dois dias da semana (quarta e quinta-feira). Os pacientes têm visitas regulares da equipe e são monitorados permanentemente. A frequência de visita se dá conforme o estado clínico e avaliação de cada paciente.
Segundo Raquel Bonfim, coordenadora do projeto, o objetivo da iniciativa é dar mais qualidade de vida ao paciente e envolver a família como cuidadora de saúde. “O programa não tem distinção de faixa etária, mas os públicos mais comuns são os idosos e os portadores de doenças crônicas não transmissíveis”, observa.
O "Melhor em Casa" vem ajudando a reduzir internações desnecessárias, já que a assistência ao paciente em casa, por indicação médica, passa a ser feita na própria residência, desde que haja o consentimento dele e da família, como acontece com o senhor Nivaldo Rodrigues de Azevedo, de 61 anos, residente na Rua Baraúna, e o senhor Estevão dos Santos, de 78 anos, residente na Rua Bem-te-vi, ambos no Distrito Pilar.
De acordo com a Secretária Municipal de Saúde, Izabela Priscilla, promover o contato com a família durante a recuperação é um fator de extrema relevância. “A cada dia buscamos avançar na atenção domiciliar. Todos reconhecem que levar profissionais de saúde à casa das pessoas que necessitam de assistência pode fazer com que os pacientes fiquem menos tempo internados, além de promover um contato mais próximo com sua família, fator primordial para a recuperação do paciente”, disse.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Jaguarari
Governo “Minha Terra, Meu Futuro”.

Qualquer comentário com xingamentos palavras racistas será automaticamente excluído por nossa equipe. Agradecemos a Compreensão e o Respeito.